fbpx Nutricionista Marcos Hirata
Ir para o topo da página Ir para o conteúdo principal Ir para o fim da página

Confira as últimas notícias

Você conhece o valor nutricional dos alimentos? Entenda a importância!

Você é uma pessoa que se preocupa na hora de comprar seus alimentos? Pois devia, muitas pessoas não têm a menor noção da composição do que estão ingerindo.

E essa falta de conhecimento pode gerar complicações em sua saúde, caso faça uso de algum tipo de nutriente em excesso ou deixe de consumir outros. Mas saiba que é muito simples ficar ciente dessas informações, basta consultar o valor nutricional dos alimentos por meio de uma pequena tabela de fácil acesso.

A tabela nutricional geralmente fica no verso ou na lateral das embalagens e, embora as letras possam ser pequenas, as informações devem ser precisas e em língua portuguesa, pois é esse rótulo que mostra se o produto é realmente saudável.

Sabendo da importância de criar o hábito de verificar essas informações, no artigo de hoje vamos explicar o que é uma tabela de valor nutricional, além de outros pontos pertinentes a respeito do assunto. Acompanhe!

O que é uma tabela de valor nutricional dos alimentos?

A tabela nutricional é um pequeno espaço, geralmente no verso de cada embalagem, dedicado a expor todas as informações nutricionais presentes no produto. Nela, encontra-se posicionado em colunas tudo o que você precisa saber, como os nutrientes presentes, o peso total, os valores energéticos e o percentual baseado no valor ideal de consumo diário.

Mas não se engane, a presença dessas tabelas não é um favor fornecido pelas empresas de alimentos, e sim uma obrigação regulamentada pela resolução 360/2003 da ANVISA. Assim, todo consumidor tem o direito de conhecer o que está comprando.

Como funciona essa tabela?

O quadro nutricional tem como objetivo comunicar ao consumidor as composições e propriedades das substancias contidas nos ingredientes de cada produto, como o percentual de carboidratos, açúcar, proteínas, sódio, fibras e gorduras. Isso indica a quantidade que pode ser ingerida na dieta.

Além disso, outros prontos merecem a atenção do consumidor, tais como:

A importância da rotulagem

Se você tem algum tipo de intolerância, alergia, ou necessita de uma alimentação restrita, precisa saber mais do que ninguém sobre a presença desses rótulos. Eles permitem que você tenha controle da sua saúde ao conhecer a quantidade de cada substância que está ingerindo.

Por exemplo, uma pessoa com diabetes deve seguir uma dieta com restrição de açúcares e carboidratos. Com os valores corretos de ambos em uma embalagem, o risco de consumir o produto sem consciência é menor.

Composição dos alimentos

Graças à padronização, o valor nutricional dos alimentos é dividido em áreas de simples compreensão. A primeira indica a quantidade que uma porção representa, e é nessa porção que as informações serão baseadas.

Logo abaixo, haverá uma lista com tudo o que compõe aquela porção, e ao lado direito de cada item constará a informação do peso que cada componente representa. Já na última parte da tabela você encontrará a porcentagem do valor diário de ingestão de cada nutriente presente.

Produtos que precisam ou não da tabela

De acordo com a ANVISA, todo alimento que é produzido sem a presença do consumidor deve conter a tabela em sua embalagem. Apenas estão isentos de rótulo os produtos que contam com embalagens sem tamanho suficiente para a inclusão da tabela, como água, bebidas alcoólicas e vinagres.

Principais indicações da tabela

Devem estar presentes em todas as tabelas os ingredientes que a formam, com seu conteúdo, peso líquido e todos os valores nutricionais. A presença de alergênicos também deve estar indicada.

Assim, para quem procura uma aliada para contribuir com a saúde e qualidade de vida, a consulta do valor nutricional dos alimentos e de todas as informações presentes nos rótulos de uma embalagem é fundamental. Essa atitude permite a aquisição de um maior conhecimento sobre a própria alimentação, gerando assim decisões mais benéficas para o organismo.

Gostou deste artigo e quer receber mais informações valiosas como essas? Então assine a nossa a newsletter!

Open chat