fbpx Nutricionista Marcos Hirata
Ir para o topo da página Ir para o conteúdo principal Ir para o fim da página

Confira as últimas notícias

“Antes eu tinha pavor de dieta, hoje sigo o plano alimentar todos os dias”

[“Antes eu tinha pavor de dieta, hoje sigo o plano alimentar todos os dias”]

Depoimento da Dayanne Camilo sobre Marcos Hirata

“Como fui da Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica, fiquei por muito tempo fazendo dieta. Assim que parei de treinar, não queria mais ver dieta na minha frente.
Depois de alguns anos, mais propriamente no ano passado, comecei a treinar com o objetivo de perder gordura localizada e, como queria buscar um resultado melhor, procurei o Marcos Hirata.

Sempre digo que o Hirata me fez gostar de fazer dieta, pois com o acompanhamento dele o empenho deixou de ser algo forçado.
Antes eu tinha pavor de dieta, hoje sigo o plano alimentar todos os dias. Os resultados da dieta, aliada ao treinamento, são perceptíveis no ganho de massa muscular e perda de gordura.

Acho importante dizer que não resolvi entrar na linha apenas pela aparência, mas também pela saúde.
Tenho hipotiroidismo e isso me deixa muito inchada. Com a dieta, meus exames de sangue estão em dia com as taxas dentro do esperado.
Não adianta apenas estamos bonitas por fora, o importante mesmo é ter uma vida saudável e isso refletirá naturalmente no nosso exterior.

Sempre digo que o Marcos Hirata me fez gostar de fazer dieta

Dayane Camillo, 38 anos, começou na Ginástica Rítmica aos seis anos de idade e entrou para a Seleção aos treze.
Foi bicampeã dos Jogos Panamericanos e duas vezes finalista olímpica nos jogos em Sidney (2000) e Atenas (2004).

A Dayanne Camilo tinha aversão a diversos alimentos, hoje isso já não acontece mais.

“É uma satisfação fazer parte desse processo junto com a Dayane. Não só por todo o envolvimento dela com esporte, mas também porque a cada consulta percebo a Dayane mais habituada e receptiva.  No início do nosso acompanhamento, por exemplo, ela tinha aversão a diversos alimentos, hoje isso já não acontece mais. Nosso acompanhamento se tornou um cuidado muito além da questão estética já que, trabalhando a saúde, o físico também acaba sendo beneficiado.”

Open chat